Uma das causas mais comuns de ereções fracas nos homens

Quando o marido não é membro e a falta de ereção é acompanhada por comichão, vermelhidão, sensações dolorosas na região da virilha, desconforto durante a micção, inflamação e outros sintomas desagradáveis ​​- a causa da disfunção erétil na doença venérea. Encontrou sintomas semelhantes – contate imediatamente seu urologista ou venereologista, que, após o diagnóstico, prescreverá tratamento e ajudará a restaurar e melhorar a ereção masculina.

Interrupção dos níveis hormonais – uma das causas mais comuns de ereções fracas nos homens. Se a suspeita se insinuar porque a razão de o membro não surgir é precisamente isso, faz sentido passar a análise ao nível da testosterona. Um endocrinologista ajudará nisso, que fará um exame e prescreverá terapia para aumentar a libido. Em caso de distúrbios hormonais, além de uma má ereção, o homem pode ter outros sintomas, incluindo: uma mudança no tom da voz; celulite nas nádegas, coxas e peito; terminação do cabelo do corpo e da cara. Mas a disfunção erétil pode ser o único sintoma de falha hormonal.

A doença vascular (endarterite, extrinsecismo, varizes, aterosclerose) é uma das razões mais comuns para se perguntar por que um homem não tem pênis. Se você tiver uma patologia nas artérias que chegam ou nas veias que saem, o membro raramente se levanta e somente após excitação prolongada. Com lesões venosas, o pênis se eleva rapidamente, mas uma ereção pode desaparecer no momento mais inoportuno. A presença de diabetes também afeta a saúde vascular.

Mais da metade dos casos de problemas de ereção estão associados a um complexo de causas. Por exemplo, a depressão provoca um apelo ao álcool ou às drogas e, por sua vez, afetam a saúde do sistema cardiovascular, em conseqüência do que a vida sexual de um homem sofre. A identificação adequada das causas da doença permite que você construa corretamente o tratamento para a disfunção erétil.

Diagnóstico de disfunção erétil (impotência)

Para a nomeação do tratamento correto da impotência, é necessário estabelecer por que apareceu, e também determinar o estado geral da saúde do homem. Tudo isso – a tarefa do diagnóstico médico da disfunção erétil.

Diagnóstico para o tratamento dos sintomas da disfunção erétil é realizado em várias etapas:

– Pesquisa inicial do paciente.Nesta fase, as queixas do paciente são ouvidas. O médico descobre há quanto tempo o homem tem problemas com a ereção, com que rapidez os sintomas se desenvolveram e em que estágio a doença está no momento, se o paciente alguma vez usou drogas para a disfunção erétil. Especialista para a nomeação do tratamento correto da disfunção erétil, é importante saber se o paciente tem desejo sexual, ereções de manhã e de noite, estimulação durante a estimulação dos genitais e fantasias sexuais, se pode conseguir a ejaculação e orgasmo. Como a disfunção erétil atua como um fator psicológico negativo, o médico necessariamente pesquisa o homem corretamente e o ajusta a um resultado favorável do tratamento.