Todos os posts de Mildred Byrd

Ampliação do pênis de “quatro centímetros em quatro semanas

Vários suplementos nutricionais prometem a ampliação do pênis de “quatro centímetros em quatro semanas”. Mas muitas vezes a composição de tais comprimidos não é claramente indicada e as misturas são “secretas”. Na maioria dos casos, eles contêm afrodisíacos naturais e elementos energéticos, como a aveia selvagem e o ginseng, e ervas medicinais como o ginkgo e o aspargo – são inúteis para o aumento do pênis.

Se massageando e esticando sistematicamente o membro não excitado, isso causará um aumento em sua espessura e comprimento. A técnica de massagem e alongamento é baseada em antigas técnicas indianas e árabes e, na verdade, em várias semanas, aumenta seu comprimento em cinco centímetros. Além disso, simplesmente alongamento pode danificar os músculos e, em seguida, uma ereção normal não será possível.

Treino regular de outro tipo – relação sexual com a introdução de um membro, se não aumenta, pelo menos, impede a sua diminuição com a idade, porque mantém os músculos do pênis em boa forma.

Muitos homens são infelizes com o seu pênis: para alguém é muito fino, segundo o proprietário, para alguém – do comprimento insuficiente. Reclamações sobre tamanho excessivo são extremamente raras, pelo contrário, na maioria das vezes os homens querem que ele surpreenda os amantes com tamanho e forma perfeita.

Materiais não classificados

Desde os tempos antigos, a cirurgia plástica tem sido uma ferramenta para mudar a aparência do pênis. Em particular, os seguintes métodos foram usados:

circuncisão clássica;

decoração do pênis com entalhes;

implantação de corpos estranhos para dar uma sensação aguda e uma aparência incomum.

Hoje em dia, para aplicar tatuagens ou injetar parafina no pênis só são resolvidos os extremos. Mas para trabalhar com comprimento e espessura, muitas vezes vêm: afinal, este é um problema vital, que é bastante simples de resolver com a ajuda de plásticos.

Se você decidir em uma operação para alongar o pênis, então você precisa ir a uma clínica grande em urologia com especialização no assunto de Andrologia.

O tamanho do pênis é geneticamente determinado?

Certamente sim, se você tem um pênis grande ou pequeno, é geralmente determinado por seus genes. Filhos de homens com pênis grandes geralmente têm um pênis grande . Filhos de homens com um pênis pequeno geralmente têm um pênis menor . Há certamente exceções, mas em geral os genes são muito dominantes quando se trata do tamanho do pênis na ereção .

Alimentos ou suplementos podem ajudar meu pênis a crescer ?

Nem comida nem suplementos podem afetar o crescimento ou o tamanho do pênis. É por isso que as chamadas pílulas penianasoferecido na internet simplesmente não funciona de todo, inacreditável que todas as falsas promessas. Todas essas pílulas aumentam o suprimento de sangue, o que pode levar a ereções um pouco mais fortes, mas o efeito é imediatamente interrompido assim que você parar de tomar essas pílulas. Então, muito dinheiro desperdiçado para um efeito mínimo e não duradouro. É tentador, os vendedores dessas pílulas mostrarão a vocês médicos com um sorriso de seus sites, estudos pseudocientíficos da Índia que eles pagaram, raves depoimentos de estrelas pornô famosas, mas é apenas um enorme esquema fraudulento. É um negócio muito lucrativo, vender ervas baratas por preços astronômicos, combinado com um faturamento recorrente de longo prazo, muitas vezes obscuro, que é difícil de cancelar. Linha de fundo: Pílulas de pênis são puro óleo de cobra ” Muitas vezes feito a partir de ingredientes baratos importet da China, muito caro e até mesmo potencialmente prejudicial à sua saúde. Em particular, a contaminação com metais pesados ​​e corantes cancerígenos é um problema possível. Alguns fornecedores alegam que seus produtos são fabricados em laboratórios aprovados pela FDA, mas isso não significa necessariamente que o produto em si seja controlado pelo FDA, assim como os medicamentos prescritos.

A operação pode ampliar o pênis?

Sim, é possível, mas a cirurgia é sempre acompanhada de riscos, incluindo anestesia, cicatrização dos defeitos da ferida, dor das cicatrizes, no pior dos casos até um pênis deformado ou problemas permanentes de ereção. É eficaz, sem dúvida, mas o último recurso para nosso julgamento. Para os homens com um micropênis real (menos de 2,75 polegadas), muitas vezes é a única solução, mas apenas cerca de 0,5% de todos os homens em todo o mundo sofrem desta condição. Se você está um pouco abaixo da média, o cálculo de risco versus recompensa é negativo para o aumento cirúrgico do pênis.

Isso não significa que a cirurgia do pênis não seja uma solução viável para várias indicações médicas, como a impotência completa (disfunção erétil), mas somente para o desenvolvimento, há maneiras menos arriscadas com boas recompensas. Os cirurgiões plásticos responsáveis ​​só oferecem pênis cirúrgico para pacientes que sofrem de um pênis muito pequeno ou micro-pênis. Além disso, há poucos cirurgiões com habilidades e conhecimentos para realizar com segurança essa forma especial de intervenção médica.

Os sintomas associados à disfunção erétil

Os sintomas associados à disfunção erétil podem incluir:

problemas com a obtenção de uma ereção

problemas com a manutenção de uma ereção

diminuição do desejo sexual

A incapacidade de realizar relações sexuais é um problema para os homens, tanto médicos como sociais. Em um país onde o homem sociedade (pais, esposa, filhos, subordinados, superiores) “trava” tanta responsabilidade, com a possibilidade de implementar esta responsabilidade (física e jurídica), na maioria dos casos insignificante, nem mais, a capacidade de ser parte sexualmente completo percebida pelo indivíduo como um colapso completo. Mas os problemas com a potência devido a problemas médicos após 40 anos, de uma forma ou de outra, têm 40% da população masculina. Então, vamos imaginar a taxa de prevalência e o grau de “crise da meia-idade”na parte mais eficiente e competente da população do país. É por isso que a capacidade de apelação para especialistas sobre esse problema é de apenas 5% de todos os pacientes. E não é por causa da baixa expectativa de vida dos homens?

O objetivo desta seção é educacional. Caro homem, a disfunção erétil é uma doença que simplesmente precisa ser curada , e não outro “castigo de Deus” para degradar nossa dignidade e testar nossa força. Assim, a disfunção erétil é a incapacidade de atingir ou manter uma ereção durante todo o ato sexual em mais de 30% dos casos por mais de 3 meses. Se a sua situação não se encaixa nessa definição, então isso não é disfunção erétil, não impotência. Mesmo o pênis às vezes tem o direito de “não ficar de pé”, assim como o nariz às vezes tem o direito de espirrar, e a cabeça e o estômago às vezes machucam. Dificuldades temporárias, se não forem desligadas, freqüentemente desaparecem sem qualquer tratamento.

A impotência , ou, na linguagem da ciência médica, a disfunção erétil é uma condição na qual o volume do pênis e sua dureza impedem que um homem participe plenamente da relação sexual. Cientistas americanos estimam que mais de 150 milhões de homens com mais de 40 anos sofrem desta doença. Praticamente todo segundo homem durante o exame médico revelou violações de potência.

A disfunção erétil ainda é a doença mais comum

A disfunção erétil ainda é a doença mais comum que faz um homem falar com um médico. Não é aconselhável ficar sozinho com o problema, porque a disfunção erétil afeta a vida do homem de várias maneiras. Isso enfraquece a auto-estima dos homens e leva a problemas de relacionamento e, em última análise, em detrimento da qualidade de vida. A disfunção erétil pode ser tratada de várias maneiras: autocuidado, medicação ou vários tratamentos locais.

A disfunção erétil progride gradualmente
Na maioria dos casos, a disfunção eréctil está a desenvolver de tal maneira que a primeira abertura da relação sexual bem sucedida, mas o pénis durante o coito sexual começa a amolecer e “lerpahtaa” para a relação sexual difícil e interrompido. Chamadas problemáticas podem ocorrer de tempos em tempos, mas à medida que a situação avança, elas se tornam cada vez mais frequentes.

Gradualmente, será cada vez mais difícil ter uma ereção suficiente para iniciar a relação sexual. De acordo com o mais recente neste momento entrar em pressões desempenho de imagem e medo do fracasso, o que agrava ainda mais a situação. A situação pode se desenvolver ao ponto de um homem não ousar tentar fazer sexo.

Disfunção erétil em todas as fases da vida
Na maioria das vezes, a disfunção erétil é leve ou moderada. Disfunção erétil leve ocorre em todos os homens em algum momento da vida e é normal. Em distúrbios leves, a ereção é ocasionalmente deficiente, mas na maioria das relações é suficiente. Em uma desordem moderada, mais da metade das empresas de intercurso falham e o assunto começa a incomodar.

A incidência da disfunção erétil aumenta com a idade, pois os componentes que afetam a alteração da ereção com a idade. As malformações ocorrem em homens com idades entre 40 e 50 entre 5% e 10% dos homens e entre 50 e 59 nos homens entre 15 e 20%. Nos homens com idades entre os 60 e os 69 anos, existe um distúrbio de 30 a 35% e mais de 40% nos homens com mais de 70 anos.

Doenças que causam disfunção erétil
O funcionamento normal da ereção requer vasos sanguíneos, nervos e equilíbrio hormonal adequados. Além disso, o espaço entre as orelhas é importante. Qualquer um dos itens acima pode causar problemas eréteis. Por exemplo, o diabetes causa problemas nervosos e vasculares. O controle da pressão arterial, por sua vez, regula a circulação sanguínea. Na doença arterial coronariana, as artérias são obstruídas e os efeitos colaterais de muitas drogas podem afetar todos esses componentes.

Causas de disfunção erétil em homens tem base psicológica

O segundo grupo significativo de causas de disfunção erétil em homens tem base psicológica. Fatores psicológicos são numerosos.

Estresse
depressão
experiência sexual mal sucedida
falsas preocupações
características de educação e caráter,
atitude para o sexo


A ambiguidade do papel é uma das causas mais comuns que afetam as ereções.
O ponto importante mencionado acima é a atitude do homem em ter problemas de ereção. Isso molda em grande parte o comportamento sexual no futuro e afeta a busca por uma cura. O próprio fato de que uma parte muito importante da sua vida pessoal tenha sofrido causa experiências emocionais intensas que apenas agravam o problema. Foram descritos casos em que, após o tratamento bem-sucedido da disfunção erétil em homens, permanecem medos e temores de que durante a relação sexual a doença anterior possa retornar novamente. E um homem saudável já limita sua comunicação e tenta evitar o intercurso, temendo uma nova experiência malsucedida. Em tais casos, você precisa entrar em contato com um psicoterapeuta. Na maioria das vezes, a psicoterapia comportamental é mostrada, o que dá seus resultados o mais rápido possível. Acesse para saber mais Endoxafil.

O parceiro começa a sugerir fraqueza, a auto-estima do homem cai e o psicológico vem junto com a impotência fisiológica.

Evite:

Bebidas alcoólicas. Como você sabe, o uso do vinho contribui para o despertar do apetite sexual, mas torna impossível o encontro. Para assimilar uma bebida alcoólica (até 50 gramas), o fígado usa o hormônio masculino, transformando-o na fêmea. Com o processamento freqüente de testosterona em estrogênio, a potência diminui, às vezes o peito cresce.

Fumar Todo mundo sabe sobre os perigos da nicotina, não entraremos em detalhes. Um maço de cigarros fumados tem um efeito negativo sobre a funcionalidade sexual, o desejo sexual desaparece e as chances de impotência são altas. Fumantes homens têm muito menos sexo do que os não-fumantes.

Drogas A ingestão de substâncias psicoativas afeta negativamente o desejo sexual, leva à infertilidade, à ereção prejudicada e à impotência. O uso de cocaína, maconha e anfetamina apenas à primeira vista excita um homem, e o emancipa. Quando a droga entra no sangue, os hormônios são perturbados, a sensação de sexo é desagradável e podre.

Estilo de vida sedentário e dirigir atrás do volante. Agitando na estrada e o trabalho sedentário interfere na circulação sanguínea nos genitais, é repleto de inflamação da próstata. Tente dar um tempo e caminhar, escolha um carro com boa suspensão e menos vibração.

Cosméticos aromáticos ou sintéticos de perfumes. Pesquisas de cientistas da Universidade de Harvard mostraram que os aditivos químicos (ftalatos) em perfumes, eau de toilette, desodorantes, cremes, géis, bálsamos, shampoos, podem causar disfunção erétil. Embora os fabricantes afirmem que são seguros para a saúde, recomendamos a escolha de produtos orgânicos.

Uma das causas mais comuns de ereções fracas nos homens

Quando o marido não é membro e a falta de ereção é acompanhada por comichão, vermelhidão, sensações dolorosas na região da virilha, desconforto durante a micção, inflamação e outros sintomas desagradáveis ​​- a causa da disfunção erétil na doença venérea. Encontrou sintomas semelhantes – contate imediatamente seu urologista ou venereologista, que, após o diagnóstico, prescreverá tratamento e ajudará a restaurar e melhorar a ereção masculina.

Interrupção dos níveis hormonais – uma das causas mais comuns de ereções fracas nos homens. Se a suspeita se insinuar porque a razão de o membro não surgir é precisamente isso, faz sentido passar a análise ao nível da testosterona. Um endocrinologista ajudará nisso, que fará um exame e prescreverá terapia para aumentar a libido. Em caso de distúrbios hormonais, além de uma má ereção, o homem pode ter outros sintomas, incluindo: uma mudança no tom da voz; celulite nas nádegas, coxas e peito; terminação do cabelo do corpo e da cara. Mas a disfunção erétil pode ser o único sintoma de falha hormonal.

A doença vascular (endarterite, extrinsecismo, varizes, aterosclerose) é uma das razões mais comuns para se perguntar por que um homem não tem pênis. Se você tiver uma patologia nas artérias que chegam ou nas veias que saem, o membro raramente se levanta e somente após excitação prolongada. Com lesões venosas, o pênis se eleva rapidamente, mas uma ereção pode desaparecer no momento mais inoportuno. A presença de diabetes também afeta a saúde vascular.

Mais da metade dos casos de problemas de ereção estão associados a um complexo de causas. Por exemplo, a depressão provoca um apelo ao álcool ou às drogas e, por sua vez, afetam a saúde do sistema cardiovascular, em conseqüência do que a vida sexual de um homem sofre. A identificação adequada das causas da doença permite que você construa corretamente o tratamento para a disfunção erétil.

Diagnóstico de disfunção erétil (impotência)

Para a nomeação do tratamento correto da impotência, é necessário estabelecer por que apareceu, e também determinar o estado geral da saúde do homem. Tudo isso – a tarefa do diagnóstico médico da disfunção erétil.

Diagnóstico para o tratamento dos sintomas da disfunção erétil é realizado em várias etapas:

– Pesquisa inicial do paciente.Nesta fase, as queixas do paciente são ouvidas. O médico descobre há quanto tempo o homem tem problemas com a ereção, com que rapidez os sintomas se desenvolveram e em que estágio a doença está no momento, se o paciente alguma vez usou drogas para a disfunção erétil. Especialista para a nomeação do tratamento correto da disfunção erétil, é importante saber se o paciente tem desejo sexual, ereções de manhã e de noite, estimulação durante a estimulação dos genitais e fantasias sexuais, se pode conseguir a ejaculação e orgasmo. Como a disfunção erétil atua como um fator psicológico negativo, o médico necessariamente pesquisa o homem corretamente e o ajusta a um resultado favorável do tratamento.

Biossíntese e colapso do colágeno

Um grande papel é desempenhado pelo colágeno para a pele, no qual é representado pelos tipos I e VII. Ela compõe 70% de suas proteínas e está localizada na camada dérmica, garantindo o tônus ​​da pele, força, elasticidade e participando da hidratação.


A biossíntese de colágeno na pele consiste em oito estágios. Cinco deles fluem em células de fibroblastos, três – extracelularmente.


Estágios intracelulares:
Estágio I – a síntese do pré-colágeno, precursor do colágeno, nos ribossomos das células.
II – clivagem de uma porção da cadeia petídica com a formação de pro-colágeno no retículo endoplasmático do fibroblasto.
III – oxidação de resíduos de aminoácidos sob a influência de enzimas e com a participação de “C”.
IV – transferência de glicose e galactose para pro-colágeno utilizando enzimas apropriadas.
V – formação de colágeno solúvel (tropocolágeno) na forma de uma hélice tripla.
Estágios extracelulares:
I – a secreção de tropocolágeno no meio extracelular e a eliminação de parte dos elos da molécula.
II – “reticulação” de partes de ponta a ponta de moléculas com a formação de colágeno insolúvel.
III – a conexão das moléculas do último “side-to-side” com a formação de fortes espirais inextensíveis.
Hormônios adrenais (glicocorticoides), hormônios sexuais e vitamina C têm uma grande influência na biossíntese.
A destruição de fibras de colágeno é constantemente sob a influência de colagenase e outras enzimas, “moendo-as” ainda mais. O esquema geral para a destruição desta proteína é o seguinte:
Os fibroblastos sintetizando o colágeno capturam suas fibras e sintetizam a colagenase.
A colagenase destrói as ligações moleculares das fibras de colágeno.

Macrófagos absorvem e digerem.
Os aminoácidos produzidos nesse processo estão envolvidos na construção de células e na regeneração do colágeno. Em um corpo jovem e saudável, o ciclo de destruição e síntese é de cerca de 1 mês, e a troca de colágeno é de 6 kg por 1 ano. Após 25-30 anos, a dissimilação aumenta constantemente e gradualmente começa a predominar sobre a síntese, com o resultado de que, com o aumento da idade, o conteúdo dessa proteína na pele diminui gradualmente. Recuperação de colágeno na meia idade já se aproxima de 3 kg. Saiba mais acessando Renova 31 Anvisa.
Suas fibras são destruídas e se tornam rígidas e frágeis, danificadas, colágeno fragmentado se acumula, fazendo com que a pele se torne menos durável e elástica, adelgaçante, sua frouxidão, manchas, secura devido à perda de capacidade protéica para segurar moléculas de água, rugas são formadas. A ptose (flacidez) resultante dos tecidos reduz a tensão mecânica das células, leva ao seu colapso (colapso) e danos aos fibroblastos que regulam a síntese de colágeno. Assim, o círculo vicioso se fecha. Portanto, o colágeno é chamado de proteína da juventude.

Principais benefícios e nutrição da raiz de maca

A raiz de sabor agradável, ou hipocótilos, geralmente está disponível em pó depois de ser colhida e aterrada. Não só é uma fonte natural de nutrição curativa, mas também tem uma longa história de ser um superalimento seguro que tem sido consumido por seus benefícios à saúde por milhares de anos em regiões da Cordilheira dos Andes.
Ele também é considerado um “ adaptógeno ” , um nome dado a certas ervas, plantas e substâncias naturais que ajudam o corpo a se adaptar naturalmente a estressores como uma agenda lotada, exigindo trabalho ou doença.
Não só isso, mas a maca fornece uma série de micronutrientes importantes e é repleta de antioxidantes, e tem demonstrado melhorar a saúde sexual, equilibrar os níveis de hormônios e aumentar a energia, o humor e a memória.

Benefícios da raiz de maca
Rico em antioxidantes
Melhora a energia, humor e memória
Melhora a saúde sexual feminina
Equilibra os níveis de estrogênio
Aumenta a fertilidade masculina

Acesse para obter mais informações sobre este produto incrível em, Maca Peruana Mercado Livre.

Raiz de maca age como um antioxidante natural , aumentando os níveis de antioxidantes como glutationa e superóxido dismutase no corpo. Antioxidantes ajudam a neutralizar os radicais livres nocivos, combatendo doenças crônicas e evitando danos às células.

Um estudo em tubo de ensaio em 2014 demonstrou que os polissacarídeos extraídos da maca tinham alta atividade antioxidante e eram eficazes no combate aos danos dos radicais livres .


Um estudo com animais na República Tcheca até descobriu que a administração de uma dose concentrada de maca a ratos não apenas melhorou seu status antioxidante, mas também diminuiu significativamente os níveis de colesterol e triglicerídeos no fígado e reduziu o açúcar no sangue, ajudando a prevenir o desenvolvimento de doenças crônicas. Entretanto, outro estudo em tubo de ensaio mostrou que o teor de antioxidantes do extrato de folhas de maca pode até proteger contra danos neurológicos.
Melhorar o seu status antioxidante pode ser benéfico para prevenir condições como doenças cardíacas, câncer e diabetes, prevenindo o estresse oxidativo e danos às células. No entanto, apesar desses resultados promissores, mais estudos são necessários para entender como os antioxidantes na raiz de maca podem afetar os seres humanos.

Beba café uma hora antes do treino para eliminar gordura corporal

Às vezes os treinadores não aconselham as coisas mais óbvias e aparentemente úteis. Por exemplo, beber uma xícara de café forte (com cafeína necessária) por uma hora antes do início do treino. O objetivo deste evento é aumentar a eficácia das aulas. O café carregará com energia e dará a vitalidade necessária. Você vai se sentir em ascensão e fazer mais esforço do que o habitual, como resultado – queimar mais calorias.

O açúcar é o inimigo de uma boa figura. Você não deve recusar completamente os doces, mas é necessário – aumenta rapidamente o nível de glicose no sangue, causando uma onda de energia. Apenas aprenda como encontrar seus equivalentes. Diga, substitua o chocolate ao leite com o chocolate escuro, o sorvete com frutas congeladas e o latte com o americano. Mas sucos embalados e bebidas carbonatadas terão que ser abandonados para sempre, assim como de chiclete sem açúcar.

Outra maneira rápida de perder peso é abandonar o sal. Na quantidade habitual de nós (o ucraniano médio consome de 15 a 20 gramas de sal por dia a uma taxa de 5), isso claramente não contribui para a rápida perda de peso – ele retém a água no corpo. Comece a recusar gradualmente, por exemplo, substituir os lanches salgados prontos com palitos de cenoura feitos à mão com hummus.

Sim, sim, ainda tem que esquecer a gordura e fritar e aprender a cozinhar para um casal. Isso ajudará um banho-maria.

Limpe as lágrimas e, em primeiro lugar, diga adeus aos seus pãezinhos favoritos, croissants e pão branco. Mas, para excluir os doces integrais da dieta, é claro, não vale a pena. Fibras alimentares, vitaminas do complexo B e vitamina E, minerais (ferro, zinco e selênio), antioxidantes, estrogênios vegetais e outros elementos úteis em sua composição ajudarão a justificar um pedaço desse pão no café da manhã.

Mais sobre nutrição na perda de peso

Finalmente, reunimos algumas dicas úteis sobre nutrição, que serão úteis não apenas para os corredores de emagrecimento, mas também para todos os outros.

  • Recusar produtos absolutamente nocivos –
    A idéia é que não traz nenhum benefício: refrigerantes, batatas fritas e salgadinhos crocantes, maionese e outros produtos que dificultam a visualização de ingredientes comestíveis. Apenas exclua-os da sua lista de compras.
  • Diversificar acompanhamentos
    Além do arroz e do trigo, há muitos cereais – bulgur, cuscuz, quinoa, lentilhas e muitos outros. Aqui está um guia detalhado . Se o seu prato favorito é macarrão, procure no nosso guia de massas.

Coma chocolate, coma o jantar depois das oito e faça outras coisas boas que o poupem do excesso de peso.

Para perder peso, tudo que você precisa é acelerar o seu metabolismo. Tal estereótipo existe entre aqueles que estabelecem um objetivo para se livrar de quilos extras. E em parte a tese é verdadeira: quanto mais ativamente o corpo processa o alimento em energia, mais fácil é que o excesso de gordura se evapore da superfície do corpo.

Por outro lado, o metabolismo é uma peça complexa, extremamente individual e não totalmente estudada, que nem sempre é passível de correção efetiva.

No entanto, temporariamente, estimular o metabolismo ainda é uma chance.

1. Coma chocolate amargo

Muitas pessoas sabem que o chocolate com um teor de cacau aumentado (de 70%) ajuda a lidar com o estresse perfeitamente. Mas acontece que esta não é toda a magia que existe na barra de chocolate.

Cientistas descobriram Microbiota Intestinal do Chocolate, Efeitos Metabólicos da Escuridão e Metabolismo Relacionado ao Estresse em Indivíduos Livres : O suficiente para comer 40 gramas deste produto de cacau todos os dias – e em duas semanas o seu metabolismo terá uma aceleração decente.

Inclusive, isso acontece devido à normalização da sensibilidade celular à insulina.Efeitos do chocolate, cacau e flavan-3-ol sobre a saúde cardiovascular: uma revisão sistemática e meta-análise de estudos randomizados . Como resultado, o corpo processa ativamente os alimentos em energia, e não em gordura.

2. Dê ao esporte um mínimo de tempo.

Um treino ativo de 10 a 15 minutos em termos de aceleração do metabolismo é frequentemente mais eficaz do que uma corrida de uma hora ou alguma ioga pensativa da mesma duração.

Nos EUA, o treinamento intervalado de alta intensidade tem sido popular há muito tempo.Treinamento de Intervalo de Alta Intensidade ). São exercícios em que curtos períodos de atividade máxima são intercalados com curtos períodos de descanso.

Rapidamente espremido do chão 20 vezes – descansou por 20 segundos – novamente torceu 20 vezes. Ele pulou a corda por um minuto com velocidade máxima – descansou por 15 segundos – novamente um minuto de saltos. 4-5 ciclos desse tipo uma vez por dia (ou até mesmo uma vez a cada dois dias ) são suficientes para que o metabolismo acelere significativamente após duas semanas. Sprints regulares aumentam o metabolismo. Para perder peso, clique em Biodryne Funciona.